TESES E DISSERTAÇÕES
A escolha do modo de entrada no mercado externo e sua relação com o desempenho da subsidiária: Evidências das empresas multinacionais brasileiras Imprimir E-mail

Augusto Cesar Arenaro e Mello Dias
Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
Orientador: Angela Maria Cavalcanti da Rocha
Ano: 2012

Pesquisas anteriores abordaram de forma satisfatória duas decisões relacionadas ao modo de entrada no mercado externo: a escolha do nível de propriedade (subsidiária de controle integral ou joint-venture) e a escolha da forma de estabelecimento (aquisição ou investimento greenfield). Entretanto, uma terceira importante decisão, que se refere à escolha da atividade principal da subsidiária, tem sido praticamente ignorada pela literatura acadêmica. Com base em extensa revisão bibliográfica, este estudo incorpora a escolha do tipo de atividade (produção ou distribuição) entre as decisões específicas a serem tomadas pelas empresas quando o modo de entrada envolve a utilização de capital próprio e propõe um modelo conceitual eclético, original na sua formulação, no seu escopo e na organização de suas variáveis, para produzir uma visão inédita e abrangente sobre a escolha do modo de entrada no mercado externo e seu impacto no desempenho das subsidiárias das empresas multinacionais brasileiras. A partir de uma amostra com 280 subsidiárias operacionais sediadas em 39 países, os resultados obtidos indicam a existência de uma relação positiva e significante entre o desempenho das subsidiárias e o alinhamento do modo de entrada (nível de propriedade, forma de estabelecimento e tipo de atividade) ao modelo eclético, sugerindo que as subsidiárias cujos modos de entrada estão alinhados ao modelo tendem a apresentar, na média, desempenho superior ao daquelas cujos modos de entrada não estão alinhados ao modelo.

Palavras-chave: modo de entrada, propriedade, estabelecimento, modelo eclético, desempenho, subsidiárias, multinacionais brasileiras

DOWNLOAD

 
Country equity: percepções do consumidor chileno sobre o Brasil e a China e seus produtos Imprimir E-mail

Anita Fernandes Koenigsdorf
Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
Orientador: Angela Maria Cavalcanti da Rocha
Ano: 2012

Empresas brasileiras e de outros países emergentes estão construindo, ou planejam construir em um futuro próximo, sua estratégia de marca e posicionamento global. O uso da marca país pode ser uma maneira de diferenciar suas ofertas no mercado internacional. Com base no conceito de country equity, originado da extensão do constructo brand equity para países, esta pesquisa teve como objetivo investigar empiricamente a influência que a origem brasileira de um produto exerce sobre a atitude de consumidores estrangeiros desse produto. Adotou-se o modelo de Pappu e Quester (2010), composto por cinco dimensões (conhecimento do país, imagem micro de país, imagem macro de país, qualidade percebida e lealdade ao país), que foi complementado com indicadores afetivos (sentimentos, emoções), com base em Haubl (1996). O modelo proposto foi testado em duas categorias de produtos, uma de produtos duráveis (automóveis) e outras de produtos não duráveis (sapatos). Os questionários foram aplicados a uma amostra de 439 estudantes chilenos. A análise dos dados coletados permite agregar novas noções aos resultados de estudos anteriores sobre as dimensões do constructo country equity sob o ponto de vista do consumidor.

Palavras-chave: country equity, imagem de país, Brasil, China, Chile

DOWNLOAD

 
Internacionalização da Rede Globo de Televisão: Histórico e trajetória recente Imprimir E-mail

Andreas Felipe Gouvea Campos
Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
Orientador: Jorge Manoel Teixeira Carneiro
Ano: 2012

A literatura sobre internacionalização de empresas tem focado principalmente em empresas manufatureiras e de países desenvolvidos, havendo ainda relativamente poucos estudos sobre internacionalização de empresas de serviço e empresas de países emergentes. O objetivo deste trabalho é investigar o processo de internacionalização de uma empresa brasileira que atua no setor de serviços, a Rede Globo de Televisão, que teve o início de sua internacionalização ainda na década de 70 e passou por diversas etapas da internacionalização tradicional, com diferentes resultados. O método escolhido foi o estudo de caso através de levantamentos de dados junto à empresa e entrevistas com executivos, que estiveram envolvidos ou que conheceram de perto este processo de internacionalização. Algumas perguntas orientaram o estudo e foram respondidas ao longo dele: (1) Quais os motivadores para a internacionalização da TV Globo? (2) Quais os modos utilizados por ela para entrar no mercado externo? (3) Como foi feita a escolha dos países estrangeiros onde atuar? (4) Quais os resultados de mercado alcançados? (5) Quais os principais obstáculos e dificuldades enfrentados?

Palavras-chave: processo de internacionalização, Rede Globo, estudo de caso

DOWNLOAD

 
Modelo de negócios: Uma análise de sua implantação na área de negócios internacionais da Petrobras Imprimir E-mail

Fabio de Matos Domingues
Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
Orientador: Maria Angela Campelo de Melo
Ano: 2012

Em 2009, frente a mudanças no cenário internacional e aos impactos gerados pela descoberta do pré-sal brasileiro no ano anterior, um novo posicionamento estratégico foi desenhado para a Área de Negócio Internacional da Petrobras. Esse novo posicionamento está fundamentado nos conceitos de rentabilidade, integração e complementaridade com as atividades nacionais da Companhia. Nesse sentido, para garantir um maior alinhamento estratégico e uma maior integração e complementaridade em suas atividades, a Área de Negócio Internacional passou a desenvolver Modelos de Negócios para cada um de seus eixos de atuação. Os Modelos de Negócios são uma ferramenta que tem como objetivo auxiliar no planejamento da Empresa, descrevendo a sua forma de atuação pela definição/identificação de seus clientes, do valor que lhes é entregue, da forma como esse valor é entregue e da quantificação dos custos e benefícios esperados. O objetivo da presente dissertação é apresentar como esses Modelos de Negócio estão sendo implementados e verificar se essa ferramenta permite a análise das estratégias da Companhia. Para tanto, está sendo utilizada como metodologia a pesquisa-ação, em que o autor é parte do projeto, envolvido na sua realização e buscando gerar conhecimento sobre esse processo.

Palavras-chave: alinhamento estratégico, estrutura, negócios internacionais, Petrobras, estudo de caso

DOWNLOAD

 
O processo de internacionalização de empresas estatais de países emergentes: O caso da Eletrobras Imprimir E-mail

Renata do Amaral
Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
Orientador: Jorge Manoel Teixeira Carneiro
Ano: 2012

Alguns países emergentes têm se destacado com empresas de forte atuação no mercado externo, competindo em setores antes dominados por multinacionais de países de economias desenvolvidas. O presente estudo descreve e analisa as características da internacionalização da Eletrobras, um caso particular de uma empresa estatal que concorre em um setor regulado. Com base em entrevistas com executivos da empresa e em dados secundários, o estudo descreve as motivações para internacionalização, os critérios para seleção de países e os modos de entrada no exterior empregados pela Eletrobras. Uma análise deste caso específico, à luz das principais teorias de internacionalização e de tipologias de multinacionais de países emergentes, contribui para um melhor entendimento do fenômeno de internacionalização de empresas de países emergentes.

Palavras-chave: processo de internacionalização, negócios internacionais, Eletrobras, estudo de caso

DOWNLOAD

 
A internacionalização de empresas de comércio eletrônico: Estudo de caso da B2W - Companhia Global do Varejo Imprimir E-mail

Tiago Barbosa Gloria
Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
Orientador: Angela Maria Cavalcanti da Rocha
Ano: 2012

O movimento de internacionalização de empresas brasileiras iniciou-se pelo setor industrial; a internacionalização das empresas de varejo é um fenômeno mais recente no país. Assim, pesquisas sobre o processo de internacionalização de empresas varejistas brasileiras não são muito numerosas no Brasil, sobretudo sobre empresas de comércio eletrônico. Nesse contexto, o estudo objetivou investigar, através do método de estudo de caso da empresa B2W – Companhia Global do Varejo, o processo de internacionalização de uma empresa brasileira de comércio eletrônico – suas motivações, como ela expandiu seus negócios no exterior, obstáculos enfrentados e fatores facilitadores do processo. Atuar internacionalmente foi uma forma de ampliação de mercado e diversificação para redução de riscos e hoje faz parte da estratégia de crescimento da empresa. O estudo utilizou dados secundários provenientes de teses, dissertações, artigos e Internet, além de dados primários coletados em entrevistas em profundidade com os principais executivos da empresa. A análise dos dados mostrou que as estruturas teóricas registradas nesta tese foram identificadas no processo de internacionalização da empresa estudada.

Palavras-chave: internacionalização, comércio eletrônico, e-commerce, estudo de caso, B2W, Companhia Global de Varejo

DOWNLOAD

 
Oportunidades criadas pelas alianças globais na indústria de óleo e gás na perspectiva da teoria de rede: O caso da Technip Brasil Imprimir E-mail

Thiago dos Santos Vilela
Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
Orientador: Teresia Diana Lewe van Aduard de Macedo Soares
Ano: 2012

Esta pesquisa foi motivada pela percepção do momento favorável pelo qual a indústria de óleo e gás passa no Brasil com a descoberta de novas reservas de petróleo, e com o crescimento econômico do país. A partir dessas novas descobertas, diversas oportunidades começam a surgir para empresas que atuam nesta indústria. Porém, devido à complexidade e ao alto investimento necessário para atuar nesse segmento de mercado, a formação de alianças estratégicas se torna indispensável para melhor aproveitar essas diversas oportunidades. Sendo assim, o objetivo do trabalho é contribuir aos estudos sobre alianças estratégicas globais, através de um estudo de caso, identificando as alianças estratégicas existentes entre a empresa Technip Brasil e os atores-chave da indústria de óleo e gás, em termos de constituírem oportunidades e/ou ameaças. Dada a relevância da pesquisa e desenvolvimento para a evolução do setor e a ausência de um estudo que delimite as implicações estratégicas destes tipos de alianças, o presente estudo visa suprir esta lacuna. Para tal, ele adaptou o arcabouço de análise estratégica relacional global de Macedo-Soares (2011) para as alianças identificadas. Os resultados encontrados demonstram a relevância estratégica e a importância da formação dessas alianças, no sentido de aproveitar as oportunidades e mitigar as ameaças no nível da indústria de óleo e gás.

Palavras-chave: alianças estratégicas, parcerias, óleo e gás, estudo de caso, Technip Brasil

DOWNLOAD

 
Início da expansão internacional de redes brasileiras de fast-food: estudo de casos Imprimir E-mail

Benjamim Cordeiro Herdy Junior
Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
Orientador: Angela Maria Cavalcanti da Rocha.
Ano: 2011

Este trabalho investiga o início da expansão internacional de redes brasileiras de fast-food, uma vez que aquelas que já se internacionalizaram encontram-se nas fases iniciais do processo. O estudo pretendeu analisar casos de sucesso inicial que pudessem servir como exemplo para as empresas do setor que desejam seguir a via da internacionalização. Utilizou-se a metodologia de estudo de casos, devido ao caráter longitudinal da pesquisa. Os dados foram obtidos de fontes secundárias, que incluíram notícias em jornais e revistas de negócios, artigos publicados em anais de congressos e internet, além de consultas ao banco de dados do NUPIN – Núcleo de Pesquisas em Negócios Internacionais da PUC-Rio. A análise contém uma descrição histórica do desenvolvimento de duas redes de fast-food e de seu processo de internacionalização, focando-se os temas sobre os quais se centrou o estudo e realizando-se uma comparação entre casos. As conclusões mostram a adoção de um processo baseado em oportunidades, intuições dos gerentes e tentativa-e-erro. São extraídas algumas lições que podem servir a outras redes brasileiras que pretendam se expandir internacionalmente.

Palavras-chave: internacionalização, fast-food, Brasil, franquia, casos, Spoleto, Bob’s

DOWNLOAD

 
A História interessa – path dependence e a indústria calçadista Imprimir E-mail

Rodrigo de Almeida Santos Tomassini
Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
Orientador: Angela Maria Cavalcanti da Rocha
Ano: 2011

O trabalho empreende um estudo de caso tendo a indústria calçadista como foco primário e utilizando como múltiplas unidades de análise os exemplos de China, Itália e Brasil – países com comportamentos estratégicos muito diferentes neste setor. Tirando proveito das conclusões advogadas pela teoria de path dependence, sobre a importância de se considerar uma perspectiva transversal na análise das características atuais e do desempenho de uma indústria, o trabalho busca identificar, no decorrer histórico dos acontecimentos, elementos determinantes para a posição global detida atualmente pelos países estudados. A investigação aponta para a existência de diversos eventos-chave, que se caracterizam pela aleatoriedade, reforço cumulativo e relação de interdependência. Ademais, considerações culturais, sociais e políticas também se mostram relevantes, contribuindo para gerar um efeito de “enclausuramento estratégico” do qual as empresas têm dificuldade para se desvincular.

Palavras-chave: path dependence, indústria calçadista, competitividade, China, Itália, Brasil

DOWNLOAD

 
Processo de internacionalização na indústria calçadista brasileira: estudo de caso da Calçados Azaléia S.A. Imprimir E-mail

Ana Cecília Martyn Milagres
Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.
Orientador: Angela Maria Cavalcanti da Rocha
Ano: 2011

Este estudo teve como objetivo contribuir para a compreensão das questões envolvidas no processo de internacionalização de uma empresa de moda por meio de diferenciação de marca, ao investigar o caso da brasileira Vulcabras/Azaleia, uma das empresas líderes na indústria calçadista nacional. Foram estudados os seguintes aspectos: natureza do processo de internacionalização da empresa; seleção de mercados e de modos de entrada; estratégia de diferenciação; evolução da estratégia da empresa e resultados obtidos. O aspecto que mais chama a atenção, no caso da Azaleia, é o fato de esta empresa ter adotado estratégias divergentes da maioria de suas congêneres, embora não fossem divergentes das seguidas pela Grendene, outra concorrente no mercado, que atua na produção de calçados de plástico, ou pela Alpargatas, que dispõe de um produto peculiar. Em outros aspectos, a empresa era similar a suas congêneres no setor: forte ênfase em fabricação e elevado nível de verticalização. Esses dois aspectos, precisamente, faziam com que a Azaleia também divergisse de seus principais concorrentes no mercado mundial, como Nike, já que a tendência, particularmente na fabricação de calçados esportivos, era no sentido de terceirização da produção.

Palavras-chave: internacionalização, Azaleia, Vulcabras, caso, indústria de calçados, competitividade, diferenciação

DOWNLOAD

 
Personalidade de marcas de fast-food: uma comparação entre consumidores brasileiros e americanos Imprimir E-mail

Fernanda Marcia Araújo Maciel
Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.
Orientador: Angela Maria Cavalcanti da Rocha
Ano: 2011

Esta pesquisa teve como objetivo verificar quais são as dimensões de personalidade de marca percebidas por consumidores jovens nos EUA e no Brasil, e se essas dimensões possuem configurações semelhantes nos dois países. Trata-se de uma pesquisa tipo survey, realizada nos dois países e com duas marcas de fast-food (McDonald’s e Subway), presentes nos dois países. Foram utilizadas as dimensões da personalidade de marca propostas por Aaker (1997), no contexto americano, e por Muniz (2005), no contexto brasileiro. Os resultados da pesquisa permitiram uma análise comparativa entre as dimensões de personalidade de marcas de fast-food no Brasil e nos EUA, reafirmando a proposição de que as marcas podem carregar significados comuns entre culturas e reafirmar significados específicos de determinada cultura. Contrariamente ao esperado, não se encontraram correlações significativas entre familiaridade com a marca e percepções da personalidade da marca.

Palavras-chave: personalidade de marca, fast-food, Brasil, EUA, survey, consumo

DOWNLOAD

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 1 de 16